Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

Insights

Timenow 26 anos: Construindo um futuro relevante, global e digital

01.04.2022

Compartilhar:

Comemoramos neste ano de 2022, 26 anos de atuação no mercado de gerenciamento de projetos. Com o compromisso de ser solução e entregar os melhores resultados para os nossos clientes, crescemos impulsionados pela vontade de transformar o segmento, com olhos fixos em construir um futuro mais relevante, global e digital.

Nascemos da coragem e dedicação de dois sócios que, em uma sala de pouco mais de 20m², se comprometeram a ir além e entregar, com integridade e originalidade, mais valor para os clientes e stakeholders.

Ao longo de mais de duas décadas, crescemos. Partindo de dois fundadores, ultrapassamos, neste ano, a marca de 1400 colaboradores. A pequena sala transformou-se no Futurenow - um espaço de conexão e colaboração - e, para além de espaços físicos, nos espalhamos e levamos o “jeito Timenow” de gerir projetos para todas as regiões do país.

O que sustentou o crescimento e a longevidade da empresa? A resposta para essa pergunta pode envolver uma série de fatores como governança, equilíbrio financeiro e capacidade de inovar para se adaptar às mudanças. Para nós, no entanto, os clientes e nossos colaboradores são os grandes protagonistas. São as pessoas que constroem o futuro e é através da dedicação diária de cada um dos nossos colaboradores que garantimos a qualidade das entregas e um relacionamento de confiança com nossos clientes.

“Com esse crescimento provamos, para nós mesmos, que somos capazes de fazer cada vez mais. E ao mesmo tempo, essa capacidade agrega novas pessoas. Nosso capital intelectual é a razão do nosso negócio. Crescer é ter diversidade de pessoas aqui dentro, fortalecendo o jeito Timenow de ser”, aponta Fabiana Dutra, diretora de Pessoas, Cultura e Transformação.  

É por isso que o último ano foi o maior da nossa história. Crescemos mais de 40% em receita, conquistamos novos segmentos mas, acima de tudo, recebemos centenas de novos colaboradores, profissionais qualificados, inconformados e obstinados, focados na visão de liderar a transformação digital no segmento de gestão de projetos, atuando com comprometimento, originalidade e integridade.

“Tivemos um crescimento espetacular no número de colaboradores e colaboradoras, o maior resultado de receita, conquistamos novos clientes, tudo isso feito pela dedicação e empenho dos nossos colaboradores. Sim, foi o maior ano da nossa história, mas ele não será por muito tempo. Gostamos de bater metas e esse ano, quando fazemos 26 anos, vai tomar o título e será o maior”, declara Antonio Toledo, nosso CEO.

Unindo a tradição com a inovação, caminhamos, nos tornando uma plataforma de soluções integradas, que entrega resultados para diferentes segmentos do mercado, investindo, ainda, em empresas e startups que desenvolvem soluções que maximizam ou complementam o nosso negócio, de forma inovadora e antecipando tendências. 

Comemoramos os números, a chegada de mais gente, a confiança dos clientes,o trabalho cada vez mais relevante. Comemoramos cada parada finalizada, cada implantação entregue, cada dia sem acidentes, cada economia em tempo e custos que geramos para os clientes. Mas celebramos, acima de tudo, a capacidade que tivemos de crescer sem perder de vista os nossos valores. 

Ser Timenow, 26 anos depois, não é mais ter o sotaque capixaba. Somos, hoje, a mistura de sotaques e culturas, movidos a resultados e comprometidos com a nossa promessa de imaginar um futuro possível e engenhá-lo.

“O objetivo de ser relevante, global e digital é a visão de futuro que temos para o final desta década. Relevância tem a ver com o impacto positivo que queremos deixar na sociedade, ser global para buscar conhecimento e diversidade cultural para sermos melhores, e digital porque esse é o nosso futuro, uma Timenow humana mas cada vez mais digital para gerar resultados positivos”, finaliza Toledo.